Se inaugurou em La Paz a XXIII Cúpula de Mercocidades com o objetivo de incentivar a integração regional

Na manhã de esta quarta-feira foi inaugurada em La Paz a XXIII Cúpula de Mercocidades que tem o objetivo de promover a integração regional, compartilhar experiências e incentivar o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, entre outros temas.


O ato inaugural foi presidido por o Prefeito de La Paz, Luis Revilla, quem ressaltou a importância deste encontro que se realizará até a sexta-feira 7 com mais de 350 convidados.

Durante a Cúpula, La Paz assumirá a Presidência da rede até 2019, o que lhe permitirá trabalhar para unir as cidades do continente e desenvolver uma grande troca de boas experiências de políticas públicas em benefício da comunidade.

“Hoje Mercocidades está mais ao Norte (do continente) que nunca e justamente assumimos este desafio desde há alguns meses, desde o ano passado, em Córdoba (Argentina), para que a Presidência em La Paz, que a assumiremos em umas horas, possa permitir encontrar-nos de melhor maneira e de uma forma mais próxima”.

Neste sentido, Revilla explicou que foram convidados à Cúpula várias autoridades de outras cidades da região, “Desde Equador, Peru, Colômbia, Venezuela para que, além de debater e discutir dos temas da Cúpula, possamos reforçar nossas relações e irmandade entre povos e autoridades sul-americanas”.

A secretaria executiva de Mercocidades, Noelia Erika Wayar, destacou o rol da Presidência de Córdoba para levar a gestão da melhor forma possível e desejou êxitos a La Paz para reforçar ainda mais a rede internacional.

“Muitos êxitos amigos de La Paz e meus agradecimentos à cidade do céu”, referiu no seu discurso.

Troca de experiências

O Prefeito paceño agregou que a reunião internacional permitirá conhecer experiências bem-sucedidas de políticas públicas em outras urbes que podem ser replicadas entre os membros da Rede.

“Para aqueles que constroem políticas públicas quotidianamente, mesmo, naturalmente, para as autoridades, para conhecer, experimentar as boas práticas que se desenvolvem em nossas distintas cidades e que, adaptando as, possamos implementá-las com sucesso em nossas cidades”, referiu.

Finalmente, em sua alocução destacou que a Cúpula, na margem de unir as cidades, que permitirá incentivar o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável a fim de beneficiar à gente que cada vez mais se concentra nas cidades.

“Nos permite impulsionar objetivos comuns que a grande maioria da humanidade mora em cidades, será ainda maior essa incidência das cidades, durante as seguintes décadas e, portanto, as cidades jogaremos um rol essencial do bem-estar da humanidade na consecução dos objetivos de desenvolvimento sustentável”, salientou.

La Paz foi escolhida para assumir a Presidência de Mercocidades para o período 2018-2019, porque apresentou um plano de governo que foi selecionado como a melhor proposta de ação que inclui unidades temáticas vitais para o desenvolvimento das urbes sul-americanas.

A cúpula, que conta com mais de 350 convidados, concluirá na sexta-feira com um diálogo de alto nível entre prefeitos e prefeitas que trabalharão o tema da cultura e a participação cívica para a governança.

Fonte: Agencia Municipal de Notícias-Bolívia

2018-12-05T17:05:45+00:00 05.12.2018|Noticia|