O MERCOSUL através do seu Instituto de Políticas Públicas em Direitos Humanos (IPPDH) e a Organização dos Estados Americanos (OEA) lançam o concurso de fotografia “Afrodescendentes nas Américas”. As inscrições estão abertas até 28 de fevereiro de 2019.


O concurso tem como objetivo viabilizar as pessoas afrodescendentes e gerar um espaço de debate e conscientização dos direitos a partir da fotografia como agente transformador positivo universal.

Poderão participar do concurso pessoas amantes da fotografia ou profissionais da fotografia, de forma totalmente gratuita.

Aqueles que enviem suas fotografias devem ser titulares dos direitos de autor das obras que enviem para participar do concurso.

As seguintes categorias serão contempladas, de maneira a buscar um retrato positivo e completo deste grupo:

-Afrodescendentes e infância;

-Afrodescendentes e adolescência;

-Mulheres afrodescendentes;

-Afrodescendentes e migração, refugiados, deslocados e despatriados;

-Afrodescendentes e idosos;

-Afrodescendentes e deficientes;

-Afrodescendentes e LGBTI;

-Afrodescendentes e acesso aos direitos.

O jurado estará composto de especialistas no tema, que devem premiar 3 fotografias. Além disso, o primeiro lugar será outorgado uma menção especial por contribuir com a promoção de direitos dos afrodescendentes.

Os resultados serão divulgados na Segunda Semana Interamericana dos Afrodescendentes das Américas, realizada de 25 a 30 de março de 2019.

Aqueles que tenham interesse em participar devem enviar suas fotos por e-mail, incluindo no assunto um pseudônimo e o nome da foto, ao e-mail concursoafro@ippdh.mercosur.int, até o 28 de fevereiro de 2019 inclusive.

Aceda as Bases do concurso.

Fonte: IPPDH.